quarta-feira, setembro 09, 2009

Ser ou não ser - vegetariana

Cartaz retirado do site: Alimentação sem carne, do Dr. Eric Slywitch

Muitos se assustam quando digo que me tornei vegetariana. Acho isso até normal e até já me acostumei com comentários do tipo "Nossa! Mas o que você come então?" hahahaha, antes eu fazia cara de espanto e tropeçava na resposta, hoje já consigo responder na boa até com brincadeirinhas do tipo "Como mais do que você!"


Bom, fato é, hoje em dia eu como muito mais do que quando eu era não vegetariana.
Toda minha alimentação se baseava na carne como prato principal e o resto...bom, nem precisava do resto pra falar a verdade.

Mas há cerca de dois anos atrás carne vermelha começou a me fazer mal. Muito mal, eu tinha dores de estômago terríveis e não conseguia digerir direito. E junto com as dores de estômago, dores de cabeça horríveis junto. Por processo natural, comecei a diminuir a carne vermelha, logo que notei que era ela a culpada por todas essas minhas dores. Quando vi, já não estava mais comendo carne vermelha e já não me fazia falta nenhuma.

O frango foi um caso "engraçado". Um belo dia me empanturrei de estrogonoffe de frango (meu prato preferido) e fui parar no hospital com salmonela. Pois é SALMONELA!! Eu nem sabia que isso existia mais, achei que era coisa só de livros. Depois disso, fiquei com medo de comer frango também. Não cortei, mas diminuí bastante o consumo. Só faltava então o peixe, o qual cortei esse ano.

A minha sorte é que o Léo (meu namorido), estava no processo também de se tornar vegetariano, e isso ajudou bastante. Ele começou a aprender a cozinhar e digo que hj em dia ele manda muito melhor na cozinha do que eu. Adoro vê-lo cozinhar :P

Alguns meses atrás comecei a sentir fraquezas e ficar doente direto, e uma dessas coisas que tive foi a Influnza A. Achei estranho isso tudo, pois eu tinha acabado de ir a uma médica e feito check-up geral e ela disse que tudo estava perfeito. Além disso, ainda riu da minha cara qdo eu disse ter me tornado vegetariana e me deu um livro de auto-ajuda do tipo "coma sem neuras".

Fiquei P... da vida com isso e decidi procurar um médico que entendesse essa minha mudança e me ajudasse pois eu ainda me sentia muito fraca, sem ânimo e com dores nas pernas.
Foi quando eu decidi procurar um outro médico, um que fosse vegetariano e descobri o Dr. Eric Slywitch, que sempre escreve para a revista Vegetarianos.

Foi a melhor coisa que eu fiz. Ele descobriu pelo mesmo exame que eu levei na outra médica, que eu estava com deficiência de B12 e me passou um sumplemento e uma dieta para eu seguir no meu dia-a-dia. E eu vou flar uma coisa, nunca comi tanto na minha vida igual agora, hahahaha.

Hoje em dia me sinto muito bem, não sinto mais dores como antes e meu ânimo melhorou muito. Nunca estive tão saudável como agora. O Léo até brinca q essa B12 é a pilula da felicidade...hahahaha

Por isso, quem quiser mudar a alimentação, é legal ler bastante a respeito e se possível procurar um médico para acompanhar essa mudança, pois muitas vezes falhamos em coisas tão simples e nem percebemos, pois quando se é "carnívora" a base é essa e não procuramos nutrientes nos outros alimentos, e garanto, eles tem tanto e muito mais do que a carne.

Isso tudo foi só para dizer que de vez em quando irei postar no meu blog receitas vegetarianas/vegans que testamos em casa e que gostamos, Fiquem de olho :)

Pra começar, uma receita de Homus que ficou simplesmente perfeito. Tirada do Cantinho Vegetariano


Ingredientes

200 g de grão-de-bico
2 dentes de alho
1 limão (eu coloeuquei 2 e achei melhor)
1/4 de xícara de azeite
Sal e pimenta a gosto

Preparo

Coloque o grão-de-bico em uma panela de pressão, cubra com água até a metade da altura da panela e leve ao fogo e cozinhe durante 30 minutos. Tire a panela do fogo, retire o vapor com cuidado, escorra o grão-de-bico e deixe esfriar em um prato.

Em uma tigela coloque meia xícara de água, junte o alho, o sal, a pimenta, o suco do limão e o azeite. Leve essa mistura ao liquidificador, acrescente o grão-de-bico e bata todos os ingredientes até obter a consistência de um purê.

Dica - Se nem todos os grãos desmancharem bem depois de cozidos, bata novamente no liquidificador. Assim o sabor ficará mais apurado.

8 comentários:

:: Leandro Souza e Silva :: disse...

Pois é, Sa, existe até aquela doença chamada distimia (a doença do mau humor) que tem como uma das causas uma alimentação inadequada. Eu conheço uma porção de gente assim rsrsrsr... é muito bom comer bem e se sentir saudável, né? Melhora auto-estima, humor, melhora tudo, é espetacular. Eu ainda não consigo ficar sem carne mas eu chego lá. Bjão

Bruna disse...

Ai guria, muito legal tu ter feito esse post. Quando falo sobre não recomendar ser vegetariana, falo dessas vitaminas que todos temos que estar atentos, pois, filosofias a parte, a proteína e a carne fazem parte da dieta do ser humano. Eu já tive anemia, também tive que tomar muito B12 e recentemente desenvolvi um problema no pâncreas que me faz produzir insulina demais. Resultado de uma dieta muito voltada à carboidratos, já que desde meus 6-8 anos de idade parei de comer completamente carne (vermelha, branca, e sim, presunto, atum.. hahaha as pessoas perguntam tudo pra ver se eu não "escorrego" em alguma coisa).
Então agora eu não como carne, não como açúcar branco, não como farinha branca e não posso com alguns carboidratos (como batata, por exemplo...)
MESMO ASSIM, como muita coisa. E isso eu concordo 100% contigo, as pessoas acham que não existe vida sem carne. E tem muita gente que tem frescura com legumes, com verduras, que não come abóbora, odeia salsinha, e acabam por comer bem menos do que eu. Acho o fim... mas já acostumei também! Não custa nada apenas respeitar, mesmo que não consiga ou não queira fazer o mesmo, né?
Beeeijos!

larissa disse...

ai.. Sá
q delicia de materia... pois é menina.. tenho a maior vontade de me tornar vegetariana, ja comecei atentar.. vou passear mais vezes por aqui p ler suas receitas e dicas.. aliás.. publique aquela dica q vc falou p mim e p Cassia do damasco no arroz.. lembra? beijão p vc!

Léo disse...

Yeah, girl!

Congratulations for your choice.
Go V for yourself, for all sentient beings e the environment.

kss

alê disse...

sabrina, fico muito feliz com sua decisão e mais ainda por vc se sentir bem com isso!! tb sou vegetariana há 3 anos e não me arrependo nem um pouco.confesso que é pelo animais mesmo. parabéns pelo seu trabalho que é maravilhoso!! bjo!

Guiga disse...

Cheguei aqui pelo Just Lia e fiquei faceira de saber que és vegetariana! É sempre bom encontrar "irmãos" de causa! Hehehehe!
Eu não parei de comer carne por me fazer mal, pelo contrário, amava carne! Parei pelos animais e pelo meio ambiente!
Não me sinto nem melhor nem pior fisicamente, mas minha consciência ficou bem mais leve! ;) Agora meu discurso combina com minhas atitudes! (não adiantava eu dizer "amo os animais" e comê-los, né?)
Eu queria consultar com um nutri especializado como o Dr Eric ou Dr George, mas na minha cidade não tem. :(
Beijão! Adorei o blog, e o Flickr!

Anônimo disse...

Just want to say what a great blog you got here!
I've been around for quite a lot of time, but finally decided to show my appreciation of your work!

Thumbs up, and keep it going!

Cheers
Christian, iwspo.net

Anônimo disse...

Just want to say what a great blog you got here!
I've been around for quite a lot of time, but finally decided to show my appreciation of your work!

Thumbs up, and keep it going!

Cheers
Christian, iwspo.net

Blog Widget by LinkWithin